Cartas pra você.

Aqui estou eu, escrevendo mais uma carta, mas essas diferente das outras não é uma carta de amor, é uma carta sobre amor.

Quero te dizer que eu realmente estou apaixonada por você, eu sei que isso não podia ter acontecido mas às vezes o coração não obedece a razão, você sabe. Creio eu que quando você ler essa carta eu já tenha desistido dessa ideia maluca de nós ficarmos juntos. Mas eu quero que saiba que eu me apaixonei pelo seu jeito, pelo modo como você me entende, pelo modo que você me elogia. Talvez a nossa ligação não tenha sido tão forte como a gente imaginava, talvez nós confundimos nossos sentimentos ou talvez eu esteja sobre o que acabei de falar. O que importa pra mim é você ficar sabendo que o que senti foi verdadeiro e que nunca senti nada igual. Embora nós não tenhamos no conhecido eu sinto como se eu tivesse perdido algo que sempre foi meu. Isso dói, dói muito mas eu vou superar, eu já superei antes.
Não queria contar, mas minhas lágrimas caem de meus olhos agora, não sei porque, talvez seja apenas saudade, uma saudade que eu já  estou sentido só de pensar que o nosso fim vai ser assim. Sim, fim, pois para mim foi intenso mesmo que não tenhamos nos beijado, nos abraçado.
Eu sei que um amor assim não acaba, mas eu preciso acreditar que tenha tido um fim. Eu preciso saber que a cada noite minhas lágrimas vão diminuir até que um dia não vão mais cair. E ai vai sobrar só a presença da ausência. Mas enquanto isso não acontece eu vou tentar esquecer, mesmo que isso doa.
Eu vou ficar bem, juro.
ps.: eu jurei que ficaria bem, não se preocupe meu amor.
Ass: Eu.

De volta ao remetente

Eu não queria que fosse assim, eu sempre achei que seria diferente, mas quer saber, não importa. Antes eu faria qualquer coisa pra te ver feliz, hoje eu faço qualquer coisa para ser feliz. Não estou dizendo que você não foi importante, é claro que você foi, mas você nunca foi insubstituivel, um dia eu disse que te amava e você disse que me amava também, mas sabe, você só deve dizer o que sente quando sabe exatamente o que está sentindo, caso contrário, você pode machucar quem não merece. O meu erro foi eu acreditar que você era diferente dos outros, eu me iludi acreditando que dessa vez seria diferente, que com você seria diferente, mas não foi.Com o tempo as lágrimas foram tomando o lugar dos sorrisos e aquela estranha sensação de borboletas no estômago foi substituida pelo vazio, as noites de sonhos deixaram de ser só de sonhos e os bom momentos foram esquecidos. Eu não me arrependo do que eu fiz, muito menos do que eu deixei de fazer, mas eu quero algumas coisas de volta. Nesta carta  estou mandando toda a dor que você causou e por favor, peço que você me devolva meus sonhos, meus sorrisos, minhas lembranças e minhas borboletas…