Liberté: do francês, liberdade.

Tumblr_ll274qfzfw1qk23p6o1_500_large

Pensando como todas, esse deveria ser um momento triste, afinal, finais não são lá tão agradáveis, mas sabe, não está sendo ruim. Muito pelo contrário, aprendi a dar valor em tudo, em momentos, em frases, em coisas pequenas. O amor na verdade é uma caixa de surpresas. Quando você começa a achar que algo é eterno aquilo simplesmente acaba, e sinceramente? Sempre acaba na hora certa.

Ok, é ruim, eu sei, mas pense bem, talvez, se demorasse mais tempo para acabar, ambos se machucariam, não sobrariam lembranças boas nem uma amizade que querendo ou não é especial. Aprendi que o que vale mesmo num relacionamento é o “agora” o ontem passou e o amanhã é incerto. Não esperar muito é uma boa maneira de se surpreender sempre e não se decepcionar – quase- nunca.

Lágrimas vão cair com frequência, mas quem ai não chora por bobeira? Não dizendo que o relacionamento foi uma bobeira, mas se fosse tão verdadeiro e real assim, teria durado, durado muito tempo, quem sabe uma vida, e se durou menos que isso, não era amor. Tá, era amor, mas não era aquele amor verdadeiro, eterno, que muitos desejam e poucos tem. Era um amor passageiro, uma preparação pra algo melhor, que vem por ai, ou quem sabe que você deixou passar e agora vai perceber o quanto vale a pena.

Correr atrás é como chuva em copo d’àgua, molha tudo e o copo não vai encher o copo, nunca! Deixe ir, deixe partir, deixe estar.. Sinta o ar, sinta o prazer de poder apreciar as coisas pequenas, sozinha ou não. Sinta a liberdade, a vontade de querer fazer algo e o prazer de poder realizar. A vida é assim, você passa tempos e tempos imaginando coisas que na verdade, só acontecem depois que você as perde.

Então viva, viva muito, aproveite cada segundo. A libertade está ai, pra quem quiser e pra quem souber usar.

Liberte-se, liberté.

Anúncios