Só pra eu lembrar e pra você não esquecer… Eu amei muito você!

Quer saber, resolvi deixar o orgulho de lado, está na hora de tudo mundo – até você – saber o quanto significou pra mim. Estava aqui pensando e sem querer senti falta de você. Senti falta da primeira vez em que eu te vi, aquela blusa roxa, aquele perfume doce.. Ah como eu amava seu perfume. Seu abraço então, nem se fala.. Talvez por isso eu tenha virado tão dependente de algo que não dependia de mim, mas olha, não me arrependo, não me arrependo pois sei que você confiou em mim, você chorou perto de mim, pra mim, por mim.. E bom, dizem que quando uma pessoa deixa a outra ver as suas lágrimas, significa que ela confia plenamente na outra. Lembra? Eu também já chorei por você, pra você… Agora, estou aqui, escrevendo uma parte da minha vida como se nada tivesse acontecido, só pra desabafar, só pra não desabar. Por tempos ou pessoas me dizendo “fica firme” e, meu Deus, até quando terei que ficar firme? Até quando não vou poder sentir seu cheiro sem sentir sua falta? Até quando minha boca vai desejar seu beijo e meu corpo o seu abraço? Sabe, fazia um tempo que eu não chorava, umas horas na verdade, mas agora isso mudou, estou desabando e ninguém está vendo, sabe porque? Porque não confio mais em ninguém.. Eu fico aqui, lembrando de tudo, de cada detalhe, das suas mordidas, dos seus beijos, dos seus carinhos, de cada olhar seu pra mim, de cada olhar meu pra você, das brigas.. Até as brigas me faziam bem.. Me peguei lembrando de você segurando minha mão, como eu gostei daquilo, um gesto bobo, mas que me fez sentir segura! Agora eu to aqui, sem ninguém segurando minha mão, sem ninguém me segurando. Antes ouvia você me chamar de “minha” agora não tenho mais esse prazer. Sabe, sinto sua falta e dói, dói muito. Não sentir seu cheiro, seu beijo, seu abraço, seu carinho, não sentir você! Esse nó da minha garganta vai sumir, daqui um tempo, eu sei que vai. Mas enquanto isso eu tenho que ir superando todos os dias, como se fosse sempre o primeiro dia. Como se não olhasse para o meu celular pensando em te mandar uma mensagem e ao mesmo tempo gritasse comigo dizendo: “Não faz isso, seja forte.” É, ta sendo dificil demais! Não quero esquecer e não quero ser esquecida, esse tá sendo o problema, você longe mesmo perto e eu perto mesmo longe. Somos opostos, não tem jeito. Eu vou sentir sua falta e espero que sinta a minha, mas precisamos aceitar que nem sempre os opostos ficam juntos não é mesmo? Agora, para de se culpar ou qualquer coisa do tipo, não estou escrevendo pra isso.. Estou escrevendo só pra eu lembrar e pra você não esquecer…

Eu amei muito você!

“Texto dedicado a alguém que me fez sorrir e chorar ao mesmo tempo, que me fez bem, mesmo quando sem querer me deixava mal.”