Será?

Eu sei que talvez falar não adiante, talvez nem agir adiante, talvez agora seja tarde demais, ou não.
Talvez tudo isso seja só um pesadelo que vai acabar quando eu abrir os olhos, ou então seja uma realidade que eu tenha que enfrentar mesmo tendo medo dela.
Talvez minhas lágrimas sejam só uma forma do meu coração mostrar que não adianta eu continuar com essa ideia louca de te amar.
Talvez quando eu desistir você venha atrás, e talvez quando você começar a me amar eu não te ame mais. Talvez os nossos sonhos só existam para nos iludir, talvez não exista “final feliz”, talvez “para sempre” só exista em conto de fadas e talvez contos de fadas só existam para nos dar a certeza que os finais felizes tem que ficar só nos livros mesmo.

E talvez quando eu acabar de dizer todos os “talvez” apareça o mais importante de todos, é o “Talvez eu ainda ame você.”